© Propriedade da CIFNSV     

Foi adquirida pela Irmã Elizabete de Sá, co-fundadora e 2ª Superiora Geral, em 1928, para a Casa Mãe da nossa Congregação. Até esta data, a Casa Mãe era a casa onde a Irmã Maria de São Francisco Wilson, fundadora da Congregação das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias, vivia. Ela dizia: «Minhas filhas sejam santas, e, casa não vos vai faltar».

A compra da Quinta das Rosas exigiu muitos sacrifícios às Irmãs de então. Não havia dinheiro. Algumas Irmãs, voluntária e alegremente, entregaram a sua herança patrimonial e o dote, umas bordavam, pela noite dentro, à luz do candeeiro de petróleo, outras tratavam doentes ao domicílio e faziam trabalhos domésticos, etc. para angariarem alguns fundos.

A Irmã Elizateth foi juntando todos estes poucos a algum dinheiro que a Irmã Wilson tinha deixado e conseguiu realizar o seu sonho: Ter uma casa própria para o Governo Geral da Congregação viver e ser acessível a todas as Irmãs assim como a todos os afazeres ligados à Congregação.

 Adquirida a casa, a Irmã Elizabete, organizou a comunidade erecta canonicamente sob a protecção de Santa Teresa do Menino Jesus e construiu a Capela em 1933.
Deus recompensa, com 100% por um, todo o trabalho realizado em favor da Igreja de Jesus Cristo e da expansão do Seu Reino.

A Quinta das Rosas é um “oásis” refrescante; é o relicário de toda a Congregação vejamos:

- Guarda, na Capela, os restos mortais da nossa querida Fundadora desde o dia 14 de Abril de 1939;

- O Núcleo Museológico, Mary Jane Wilson, lugar de oração para muitos que o visitam e de exposição ‘riqueza’ estimada que ele contém e revela a vida e obra daquela que passou no mundo fazendo o bem à maneira de Jesus;

- Actualmente, o Núcleo Museológico encontra-se, em novas instalações, junto à Rua do Carmo, 59, assim como o Centro da Associação Amigos da Irmã Wilson e o Secretariado para a canonização da Serva de Deus Mary Jane Wilson. Este foi muito danificado pela tempestade do dia 20 de Fevereiro de 2010 ficando um ano fechado para reparação do imóvel e de várias peças. Infelizmente, perdeu-se, para sempre, a madeixa de cabelo da Mary quando criança e a réplica da condecoração de Torre e Espada.

- Foi, durante muitos anos, Casa de Formação a nível religioso, liceal e profissional;

- Aqui nasceu o Colégio de Santa Teresinha, hoje está na Rua Pedro José de Ornelas, 19;

- O Capítulo Geral de 1935, primeiro depois da morte da Boa Mãe, Irmã Maria de São Francisco Wilson, realizou-se na Quinta das Rosas;

- Daqui, a 27/05/1938, partiu o 1º grupo de Irmãs Missionárias rumo a Moçambique. Chegaram a Lourenço Marques no dia 13 de Junho do mesmo ano. Na Capela, muitos outros grupos celebraram o seu envio missionário.

- Em 18 de Agosto de 1991 realizou-se, na Igreja de São Pedro, a sessão solene de abertura do Processo Diocesano, presidida por D. Teodoro de Faria então Bispo do Funchal. 

- A maior parte do Processo Diocesano para a canonização da Irmã Wilson foi realizado neste lugar onde se respira o perfume da vida e obra da Irmã Wilson, culminando com a sessão de encerramento na Capela junto aos seus restos mortais.
A Quinta das Rosas hoje, é também guardadora de um outro relicário, as nossas Irmãs mais idosas e doentes que gastaram toda a sua vida ao serviço do Senhor Jesus nos mais necessitados quer fossem de pão, de carinho, de fé, de saúde, de educação … .e de encontros Intracomunitários, Associação dos Amigos da Irmã Wilson e outros.

Na parte que dá para a Rua João de Deus fica a Cúria Provincial, residência do Governo da Província do Coração de Maria. Esta Província é composta pelas comunidades da Madeira, Porto Santo e três em Angola concretamente, duas em Luanda e uma no Lubango.

Assim, fica aqui bem patente como a Quinta das Rosas é um relicário não de jóias preciosas, mas de grande valor e estima, de vida sacrificada por amor, de entrega total ao Senhor dos senhores - Deus.

Termino deixando um convite: A Quinta das Rosas está com as suas portas abertas com espaço convidativo à oração, diálogo e escuta da palavra de Deus e dos irmãos. Vinde e vereis! Deus ama-nos e quer-nos felizes.

                        Ir. Diamantina de Freitas

Localização

Contactos

Tel: 291224557
Fax: 291225492

Quinta das Rosas