© Propriedade da CIFNSV     

Com o Concílio Vaticano II (1965), assistimos a uma nova compreensão da Missão. Cada cristão é simultaneamente enviado e destinatário do anúncio do Evangelho. O Espírito Santo é o protagonista da Missão e a Igreja Local o seu sujeito de encarnação e vivência.

Na Igreja e a partir dela, surgem e actuam todas as vocações missionárias laicais, consagradas e sacerdotais. A vivência comunitária da fé em Diocese, paróquia, família, e comunidades de Vida Consagrada é o testemunho mais credível do anúncio de Deus – Amor.

A Missão é tarefa indelegável de cada cristão. Esta concretiza-se no espaço e no tempo da história humana, conhecendo, amando e servindo aqueles a quem se é enviado.

Missão